sábado, 25 de agosto de 2018

MPMG recomenda prisão em flagrante de agentes penitenciários que cometerem crimes contra detentos em Três Corações


Resultado de imagem para direitos humanos

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio da Promotoria de Justiça de Defesa dos Direitos Humanos de Três Corações, no sul do estado, recomendou à direção do presídio regional que prenda em flagrante os servidores que cometerem crimes de natureza pública dentro do estabelecimento. A Recomendação é do dia 15 de agosto.

Segundo apurado pela Promotoria de Justiça, um agente penitenciário havia disparado tiros de bala de borracha contra dois detentos. Os disparos causaram lesões graves aos presos, mas, no entanto, não houve a prisão em flagrante do servidor. O MPMG, então, instaurou Notícia de Fato e Processo Administrativo para apurar o ocorrido, o que resultou na Recomendação à direção do presídio.

Conforme a Recomendação, o diretor da Penitenciária Regional de Três Corações, em até 30 dias, deverá apresentar ao MPMG informações sobre as medidas adotadas.

Ministério Público de Minas Gerais - MPMG

Superintendência de Comunicação Integrada
Diretoria de Imprensa
Tel: (31) 3330-8016/3330-8166
Twitter: @MPMG_Oficial
Instagram: @mpmg.oficial
Facebook: www.facebook.com/MPMG.oficial
24/08/2018 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Os comentários postados pelos leitores deste blog correspondem a opinião e são responsabilidade dos respectivos comentaristas leitores e não correspondem, necessariamente, a opinião do autor deste blog.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.