quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

SINDASP-MG recebe demandas e busca soluções para a situação de insegurança dos Agentes no Triângulo Mineiro

Por SINDASP/MG
11 JAN 2018
A imagem pode conter: 12 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área interna

Os Diretores do SINDASP-MG, Daniel Anunciação e Everaldo Márcio, juntamente com os Delegados Sindicais Heloísa Helena, Albert Reis, Cássio Valério Dutra e Alan Wilker, estiveram reunidos com os Agentes Penitenciários de Uberlândia. 
O encontro aconteceu na última quarta-feira (10.01) no escritório jurídico do SINDASP-MG em Uberlândia. Na ocasião, os agentes levaram demandas locais ao Sindicato e discutiram alguns problemas recorrentes como a falta de condições de trabalho, ameaças do crime organizado e o alto número de absenteísmo dos agentes devido à forte atuação do PCC na região. 
A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, sapatos e atividades ao ar livre
As demandas levadas pelos Agentes, em especial as relacionadas à atuação do Crime Organizado na região, foram registradas e serão oficializadas aos órgãos responsáveis pela gestão e fiscalização do Sistema Prisional e cobrada a intervenção dos mesmos, em caráter de urgência, visto a gravidade da situação.  
Cobranças no Ministério Público
Já nesta quinta-feira (11.01), a equipe do SINDASP-MG foi até o Ministério Público de Uberlândia para se reunir com membros do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECCO) a fim de cobrar esclarecimentos e agilidade no andamento das investigações dos últimos ataques aos Agentes Penitenciários na região, em especial os assassinatos dos ASPs Vivian Cristina, em Uberaba, Edson Ferreira e Luciano Santos, em Uberlândia, que encontram-se sem a devida apuração por parte da Polícia Judiciária.
FONTE: SINDASP/MG
Nenhum texto alternativo automático disponível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Os comentários postados pelos leitores deste blog correspondem a opinião e são responsabilidade dos respectivos comentaristas leitores e não correspondem, necessariamente, a opinião do autor deste blog.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.