sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

RETROSPECTIVA SEAP

Sindasp - MG

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Um ano marcado pela retórica faceta da valorização fictícia, orquestrada a pão e circo, regrada a remoções arbitrárias de vários guerreiros que ousaram em dizer a verdade - , marca registrada do modelo tirano do dono da pasta.
O Discurso ardiloso e repugnante atrai os percevejos de gabinete e parcela de Diretores 'ad hoc' , contaminados pela síndrome do pequeno poder.
A carteira funcional "vermelha sangue" com a impressão de péssima qualidade é objeto de glória do Secretário - Desembargador, que aliás, poucos tem, devido a falta de planejamento na confecção.
Quanto as ínfimas viaturas, motivo de orgulho do senhor feudal , sem nenhuma contrapartida da sua desastrosa gestão ( recursos do DEPEN), não sana os problemas da frota que opera com 90% dos veículos adquiridos no governo passado.
O destaque de 2017 vai para a tirania do gabinete miliciano que promoveu o caos institucional e fechou as portas para as entidades de classe.
Pois o que prevaleceu neste ano foram os embustes patrocinados por uma corja de neófitos oportunistas que não agregaram nenhum avanço para o Sistema Prisional Mineiro. Pelo contrário não moveram uma palha para as demissões prenunciadas e deixaram a ação correr livre no TJMG.
Fruto desta desastrosa omissão foram as remoções sem critérios técnicos e a extinção da CIESP/RN.
Parabéns Senhor Secretário pelo seu esforço para a aprovação da nossa Lei Orgânica e Aposentadoria Especial junto ao Governador do Estado, que nunca recebeu a sua visita com as propostas. Esse é o comportamento herdado da corte, onde a iniciativa tem que vir do Governador.
Infelizmente estamos a mercê da letargia de um homem, que em tese poderia mudar o rumo da história.
Feliz 2018, porque 2017 o Secretário conseguiu ensombrar!

Wanderson Eustáquio Costa
Vice-presidente do SINDASP-MG

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Os comentários postados pelos leitores deste blog correspondem a opinião e são responsabilidade dos respectivos comentaristas leitores e não correspondem, necessariamente, a opinião do autor deste blog.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.