quarta-feira, 22 de novembro de 2017

NOTA SINDASP/MG NORTE

  Nenhum texto alternativo automático disponível.

Prezado Secretário de Administração Prisional, Subsecretário e Superintendentes, com muito pesar viemos por meio desta relatar o seguinte fato: no dia 21.11 do corrente ano, por volta das 09 horas, o Presídio Alvorada de Montes Claros recebeu a visita do Diretor Carlos Adriano (Diretor Penitenciária de Francisco Sá),  ao chegar indagou acerca da presença dos Diretores e posterior, ao verificar o servidor Márcio Cleiton indo realizar os procedimentos de liberação do “banho de sol”, discutiu-se sistematicamente de forma depreciativa e em público a maneira que se apresentava, chamando-o de “lixo, escória do sistema” e demais posicionamentos conforme o reds n° 2017-035844777-001, tal episódio chamou à atenção de todos ali presentes, pois, o Diretor Adriano gritava chamando atenção de todos objetivando demonstração de “poder”, contudo à postura equívoca, assediosa, do Diretor Referência causou temor generalizado nos servidores que lá laboravam, as servidoras correram para o seu setor fechando a porta e até mesmo os presos verificaram estranheza.
            Com todas dificuldades presentes bem como a redução do número significativo de servidores da Unidade Alvorada, todos têm se desdobrado para atingir os atendimentos e cumprir sua missão; o Diretor Referência nunca se fez presente para elogiar, reconhecer os esforços dos servidores, porém, as poucas que lá esteve foram com atitudes truculentas e assediosas. Nobres Comandantes da SEAP, de maneira geral os servidores do Presídio Alvorada estão insatisfeitos com o trato equivocado oferecido pelo Carlos Adriano, infelizmente laboramos em uma unidade com poucos condições estruturais, contudo os servidores, direção e sindicato vem criando melhores condições de trabalho, objetivando oferecer menores adversidades para o labor;  também sabemos que hierarquicamente falando, conforme art. 6° da lei 14.695/2003, (que cria as carreira dos Agentes Penitenciários) o servidor fica subordinado ao Diretor do respectivo estabelecimento, neste caso, Diretor Neemias Moreira dos Santos.
            Portanto desejamos à apuração da conduta exposta, uma vez que feriu a integridade moral do servidor Márcio bem como de todos ali presentes, pois o referência fez questão de ressaltar que o Alvorada é um lixo; também deve se apurar o abuso de autoridade, uma vez que o Diretor Carlos Adriano, não é gestor no Alvorada e sim na PFS, quanto ao ilícito penal, estaremos tomando providências “in loco”.           

UARLEI SOARES SANTOS
DIRETOR REGIONAL SINDASP/MG

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Os comentários postados pelos leitores deste blog correspondem a opinião e são responsabilidade dos respectivos comentaristas leitores e não correspondem, necessariamente, a opinião do autor deste blog.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.