sábado, 28 de outubro de 2017

SINDASP-MG recebe Agentes Penitenciários que levaram questionamentos sobre Lei Orgânica e Carga Horária

A imagem pode conter: 13 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

O Vice-presidente do SINDASP-MG Wanderson Costa e o Diretor Daniel Anunciação receberam, hoje (27.10) na sede do Sindicato, um grupo de agentes penitenciários que levou alguns questionamentos a respeito de pautas de interesse da classe como a Lei Orgânica e Carga Horária.
Os membros do SINDASP-MG esclareceram todas as dúvidas levadas pelos ASPs quanto ao andamento do Projeto de Lei Orgânica, recapitulando os trabalhos do Sindicato desde a elaboração do projeto até as discussões com o Governo na tentativa de enviar à ALMG uma versão que atenda às reais necessidades da categoria. Wanderson explicou que a versão apresentada pelo Sindicato foi totalmente alterada pela SEAP e SEPLAG e que estas Secretarias não aceitaram rever os pontos alterados, portanto, o Sindicato irá brigar para reverter estas questões na ALMG.
Os agentes também questionaram a questão da Carga Horária, cuja a resolução, conforme anunciado pelo Governo, deverá sair nos próximos dias. Wanderson esclareceu que esta questão também não foi acordada com o SINDASP-MG e foi elaborada sem nenhuma consulta à esta entidade de classe. Daniel também deixou claro que, já que não é possível contar com o Governo, o SINDASP-MG também tem buscado os meios judiciais para rever este direito.
Wanderson e Daniel ressaltaram o trabalho do SINDASP-MG que já vem sendo realizado há anos. Desde a elaboração do Projeto de Lei Orgânica, que levou quase dois anos de trabalhos e discussões, o SINDASP-MG travou uma luta incansável para que o mesmo fosse aprovado, porém, com a chegada desta gestão, os trabalhos recomeçaram do zero e o Governo rejeitou grande parte do que já havia sido estudado e proposto para a melhoria da classe. Esta luta não é de hoje.
O Vice-presidente deixou claro também a todos os presentes que, independente do pensamento de cada um, esta é uma luta de todos e, neste momento, é de extrema importância que todos deixem suas diferenças de lado e caminhem juntos em busca de um mesmo objetivo: a valorização da classe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Os comentários postados pelos leitores deste blog correspondem a opinião e são responsabilidade dos respectivos comentaristas leitores e não correspondem, necessariamente, a opinião do autor deste blog.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.