sábado, 21 de outubro de 2017

Agentes penitenciários de MT fazem paralisação e visitas a presos são suspensas

Servidores afirmaram que irão manter apenas serviços essenciais nas unidades prisionais, até que o governo do estado aceite negociar reajuste salarial.

Servidores do sistema penitenciário decidiram fazer paralisação por tempo indeterminado em todo o estado (Foto: Sindispen-MT/Divulgação)
Os agentes penitenciários iniciaram, neste sábado (21), uma paralisação por tempo indeterminado em Mato Grosso, alegando falta de respota do governo do estado quanto à reivindicação da categoria por reajuste salarial. A decisão foi tomada pelos servidores durante assembleia geral realizada em frente ao Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC), nessa sexta-feira (20).
Segundo o Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado de Mato Grosso (Sindspen-MT), será realizada a operação Padrão no estado, ou seja, apenas serviços essenciais serão mantidos, até que o governo se reúna com a comissão negociadora representante dos servidores. O G1 tentou, mas não conseguiu contato com a Secretaria Estadual de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh).
Ficou definido pelos agentes que será mantido apenas a segurança das unidades, com agentes penitenciários posicionados na torre, contenção e guarita. As visitas das famílias aos presos, que acontecem às quartas-feiras e domingos, estão suspensas. Além disso, demandas relacionadas à alimentação e escoltas de presos serão atendidas apenas em caso de emergência de saúde do detento.
Por meio de nota enviada à imprensa, o afirmou que tem tentado dialogar com o governo, sem resposta. O presidente do sindicato, João Batista, disse que a categoria está em "situação crítica" porque possui "a segunda pior remuneração" do estado, apesar dos riscos do trabalho.
Segundo o Sindispen, a classe reivindica melhoria da tabela salarial, levando em conta os cargos, a formação e o tempo de serviço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Os comentários postados pelos leitores deste blog correspondem a opinião e são responsabilidade dos respectivos comentaristas leitores e não correspondem, necessariamente, a opinião do autor deste blog.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.