domingo, 15 de outubro de 2017

Agentes de penitenciária feminina são agredidas por detenta com objeto semelhante a um estilete

Cinco funcionárias da unidade de Tupi Paulista precisaram receber atendimento médico. Polícia Civil e sindicato da categoria confirmam o caso.



Cinco agentes da Penitenciária Feminina de Tupi Paulista foram agredidas nesta sexta-feira (13), por uma detenta com um uma lâmina semelhante a um estilete. A informação foi confirmada pela Polícia Civil, que espera receber um ofício da unidade sobre a ocorrência.
Uma das agentes - que preferiu não ser identificada - informou ao G1que a agressão ocorreu no momento em que a detenta era conduzida para um procedimento interno.
"Cheguei até o raio apenas para dar apoio. Tiramos a detenta para o castigo, conforme procedimento, e ela estava com esse estilete artesanal em sua roupa. Ela se agitou para disfarçar, porque estava tirando a algema, deslocou a mão e se soltou. Acredito que foi nessa hora que ela nos feriu, pois somente percebemos quando vimos o sangue. Quando fecho os olhos vem a imagem daquele pequeno estilete e o estrago que ele fez em segundos. A intenção dela era matar alguma guarda", relatou a agente ao G1.
Segundo o Sindicato dos Funcionários do Sistema Penitenciário do Estado de São Paulo (Sifuspesp), as vítimas receberam cuidados médicos, mas "encontram-se emocionalmente abaladas".
G1 entrou em contato com a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), para obter mais informações sobre o caso, mas não obteve resposta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Os comentários postados pelos leitores deste blog correspondem a opinião e são responsabilidade dos respectivos comentaristas leitores e não correspondem, necessariamente, a opinião do autor deste blog.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.