sábado, 23 de setembro de 2017

ENTREVISTA DE UM REPÓRTER GOIANO COM O DR. RICARDO BRISOLLA BALESTRERI




Hoje, uma importante jornalista  de Goiás me entrevistou e fez uma inteligente pergunta: 



Por que o crime organizado cresceu tanto, no país, nos últimos  anos? Acho que vale reproduzir, aqui, a síntese do que respondi:



-Porque toda vez que o estado democrático de direito entra em uma crise de fragilização de suas instituições, através de sua desmoralização e fragmentação, seja por fatores morais, seja por fatores políticos, seja por fatores econômico, seja pelos três (como no caso do Brasil), se cria um vácuo de autoridade e poder  que, no mundo contemporâneo, é ocupado por organizações criminais tradicionais;



-Isso deve ser somado, em nosso país, à progressiva perda de liderança federal, no campo da segurança pública, inaugurada no período pós-PRONASCI, impondo aos entes federados, repentinamente, o encontro solitário, fragmentado e economicamente pobre de soluções;



E qual a forma mais eficaz de combater as organizações criminais?



Através de políticas públicas permanentes e convergentes, inter-setoriais e interestaduais, nos campos da prevenção e da repressão qualificada (como fazia o PRONASCI). Nesse sentido, o Brasil deu um salto histórico de qualidade quando, por inspiração do vice-governador de Goiás, Dr. José Éliton, criou o  Pacto Interestadual pela Segurança Pública, hoje por nós presidido e secretariado pelo competente Dr. Emmanuel Henrique Balduino DE Oliveira. Todas as ações do pacto foram um sucesso e destruíram importantes articulações do crime organizado e de organizações delinquenciais, comprovando que, com inteligência e "unidade na diversidade", o Estado de Direito é mais forte e se impõe!







Nenhum comentário:

Postar um comentário


Os comentários postados pelos leitores deste blog correspondem a opinião e são responsabilidade dos respectivos comentaristas leitores e não correspondem, necessariamente, a opinião do autor deste blog.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.