quinta-feira, 6 de julho de 2017

SEAP inicia implantação do SIGPRI

A Secretaria de Estado de Administração Prisional (SEAP) começou a implantar o Sistema Integrado de Gestão Prisional (SIGPRI). A Unidade Gestora de Monitoração Eletrônica (UGME) foi o primeiro local a receber o programa. A nova plataforma tem formato web e substitui o Sistema de Informações Penitenciárias (INFOPEN). Além de um outro layout, ela também é mais intuitiva, possibilita o acesso externo e é integrada ao Sistema de Identificação Policial (SIP) e ao PC NET, ambos da Polícia Civil.

Desenvolvido pela Prodemge, em parceria com a Diretoria de Sistema da Informação (DSM) da SEAP, o sistema começou a ser criado em 2012. Mas, somente com a nova gestão, que quer investir na modernização de todos os setores, ele está sendo finalizado e implantado. A DSM ainda teve o apoio da Assessoria Técnica do Sistema Integrado (AT-SIDS/SEAP) na parte logística. A próxima unidade a receber o sistema será o Complexo Penitenciário Nelson Hungria, em Contagem, no fim deste mês. Um cronograma com as datas de implantação será disponibilizado em breve. A previsão é de que em novembro todas as unidades prisionais e administrativas estejam usando a plataforma.
Servidores da DSM vão capacitar os coordenadores do INFOPEN das unidades. Eles se tornarão multiplicadores. Segundo Márcio José da Silva, diretor de Sistema de Informação, os usuários da ponta já constataram a facilidade de uso, como no cadastro de admissão e na consulta de indivíduos. “Os servidores da UGME me relataram que foi perceptível a redução no tempo de atendimento. Para mim, o novo sistema é um grande passo para a consolidação do projeto. A partir disso, vamos estudar melhorias para aperfeiçoamento”.

As informações contidas no INFOPEN estão sendo migradas gradativamente até a retirada total. Para acessar o SIGPRI, é preciso fazer um cadastro no Sistema de Segurança Corporativo (SSC) da DSM. De acordo com Márcio, o novo sistema possui uma auditoria eficiente que permitirá maior segurança na liberação de senhas e controle dos acessos. Também não haverá mais a necessidade de instalação do programa, já que o sistema é acessado por meio do site sigpri.mg.gov.br.
Será criado ainda o Portal SIGPRI, direcionado para visitantes de presos. Eles poderão fazer um pré-cadastro no site em casa e procurar o Núcleo de Assistência às Famílias (NAF) apenas para assinar os documentos e confirmar os dados. O acesso vai facilitar o trabalho de identificação e cadastramento dos visitantes.

Por Fernanda de Paula
Crédito foto: Divulgação Ascom Seap
FONTE: SEDS/MG

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Os comentários postados pelos leitores deste blog correspondem a opinião e são responsabilidade dos respectivos comentaristas leitores e não correspondem, necessariamente, a opinião do autor deste blog.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.