sábado, 29 de abril de 2017

Propaganda aérea de parque gera polêmica em Montes Claros

Imagem Ilustrativa/Fonte: Internet

Um parque de diversões pousou em Montes Claros nos últimos dias e trouxe uma forma de propaganda inovadora para a região. A publicidade da empresa utiliza um avião para fazer a divulgação do serviço ofertado. A aeronave sobrevoa toda a cidade. No início, foi uma diversão para os moradores, mas logo começou a ser motivo de discussão.
Nas redes sociais, as opiniões se dividem entre aqueles que parabenizam a inovação e quem afirma ser muito incomodo. 
Na lei do meio ambiente de 3754/2007, no capítulo XI, artigo 59 e incisos II e III, consta que produzidos por veículos sonoros, aparelhos ou instrumentos de qualquer natureza utilizados em pregões, anúncios ou propagandas, nas vias públicas, nos domingos e feriados, de 0 a 24 horas, e, nos dias úteis, das 20h às 9h e das 11h às 14h, na forma estabelecida em regulamento.
Liberação
O Super Star tem 22 anos de criação e há cinco utiliza a propaganda aérea. Responsável pelo parque, Célio Campos, explica que a propaganda tem agradado o público e que é liberado para voar.
“É uma informação passada com rapidez e é inovador nesse tipo de divulgação. Nós temos a liberação da Anac para fazer todo tipo de propaganda, a cada 100 horas de vôo, é necessário  fazer inspeção no parque da agência, em São Paulo. A população gosta, a informação passa muito rápido”, explica Célio e afirma que a divulgação é feita dentro do horário comercial e aos sábados até 13h da tarde.
O que diz a Semma
A Secretaria Municipal de Meio Ambiente que a liberação do avião do parque, é concedida pela Anac.
Chefe da fiscalização, Eduardo Gomes, afirma não houve nenhuma reclamação à secretaria. 
“Eles têm autorização explicita para propaganda área, tudo dentro das normas da Anac. No final de semana eles estavam funcionando, e foram chamados atenção. Eles não serão punidos porque não foram informados dessa lei. Além disso, o volume da propaganda aéreas deles é mais baixo do que outras que rodam na cidade, algumas medições foram feitas e eles não passaram dos limites. Nós não temos nenhuma reclamação formal feita contra eles”, esclarece. 
Burburim nas redes sociais 
A inovação do parque tem chamado atenção nas redes sociais, as opiniões se divergem.
O comerciante, Gerson Fernandes, elogia a propaganda e o jargão do parque.
“Achei bem criativo o jargão "vai lá", identifica bem quando alguém toca no assunto já lembra logo disso. A propaganda não me incomoda de modo algum até porque devido o custo com a aeronave, é rápido. Agora a propaganda volante com motos/carros esse sim incomoda”, afirma.
Em seu perfil do Facebook, Rogério Athayde, ironiza.
“O moço do avião, você não vai aderir a greve não? Ei, psiu, aqui embaixo, já deu, vai embora”, brinca.
Incômodo 
Essa não foi a primeira vez que o parque Super Star se envolve em polêmicas com a divulgação inusitada.
Em passagem pela cidade de Capelinha, no vale do Jequitinhonha, o parque causou reclamações nas redes sociais. 
Regulamentação da propaganda 
A regulamentação de propaganda em Montes Claros é feita pela Secretaria de Serviços Urbanos.
“A Semma não regulamenta propaganda ambulante. É assinado um termo de compromisso deixando claro que a propaganda ambulante com som é uma exceção da lei. Afinal, não posso autorizar algo com poluição sonora. A pessoa não pode circular com som alto no entorno de escolas, hospitais, creches. Não podem sábado à tarde e domingo inteiro. E eles são obrigados a abaixar o som toda vez que tiver reclamação. Elas têm caráter coletivo, público, por exemplo, a festa dos Catopés. Mas, mesmo assim, tem que atender a redução de volume quando perturbar o sossego das pessoas”, esclarece Eduardo Gomes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Os comentários postados pelos leitores deste blog correspondem a opinião e são responsabilidade dos respectivos comentaristas leitores e não correspondem, necessariamente, a opinião do autor deste blog.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.