quinta-feira, 30 de março de 2017

Diretor do presídio de Andradas é preso na Operação Navalha

Ministério Público e Polícia Civil investigam possíveis irregularidades na unidade prisional.

Uma operação desencadeada pelo Ministério Público e a Polícia Civil durante a manhã desta quinta-feira (30), prendeu o diretor do presídio de Andradas, Douglas Fernando Cussolin Pelagaldi, por porte ilegal de armas. A ação ainda está investigando supostas irregularidades cometidas dentro da unidade.

Equipe chegou a casa do diretor nas primeiras horas do dia. (Foto: Rede Social)

Logo pela manhã foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão, expedidos para a casa do diretor, uma escola de idiomas da esposa dele, a casa de um agente penitenciário e o próprio presídio. As ações envolveram policiais de toda região, coordenados pelo delegado de Botelhos, Tiago Moreira, que investiga o caso junto do MP.
A operação investigaria supostos desvios de materiais do presídio de Andradas. Segundo o delegado, também estão sendo averiguadas possíveis irregularidades na prestação de contas das verbas públicas disponibilizadas ao presídio. O processo segue em segredo de justiça.
O diretor foi preso com uma arma pertencente ao estado. Ele não tem autorização legal para porte de arma de uso restrito e vai responder por este crime em liberdade, graças a uma decisão judicial após o recolhimento de fiança de cinco salários mínimos.
A Polícia Civil representou pelo afastamento cautelar de Pelagaldi das funções públicas, bem como do agente penitenciário, até o fim das investigações. Ambos já foram afastados.
Agora todo o material apreendido será periciado para a conclusão do inquérito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Os comentários postados pelos leitores deste blog correspondem a opinião e são responsabilidade dos respectivos comentaristas leitores e não correspondem, necessariamente, a opinião do autor deste blog.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.