quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

2ª FASE DA OPERAÇÃO JERICÓ DEFLAGRADA NA NELSON HUNGRIA



Policiais Federais em ação conjunta com o Serviço de Inteligência do Sistema Prisional, Comando de Operações Especiais do Sistema Prisional de MG e Agentes Penitenciários especialmente designados para a operação cumpriram na manhã desta quarta-feira (30) uma Ação Conjunta com o empenho de 982 servidores de diversas forças, com escolta aérea realizada pelo Helicóptero Pégasus da Polícia Militar de Minas Gerais, em uma ação coordenada na Penitenciária de Segurança Máxima Nelson Hungria, que apreendeu aproximadamente 600 (seiscentos) celulares e smartphones, armas brancas, drogas, medicamentos controlados. As atividades integram a 2ª fase da Operação Jericó, deflagrada no início de 2016 para investigar possíveis irregularidades administrativas e operacionais na Unidade.




 "Fincamos, literalmente, a bandeira do Estado de Minas Gerais na Máxima. A Lei tem que prevalecer.” disse o Subsecretário.

A Operação contou com a presença do Dr. Wagner Cavalieri, Juiz da Execução Penal; Dr. Washington Clark do Santos, Subsecretário de Administração Prisional; Dr. José de Anchieta Machado, Superintendente de Segurança Prisional; Sra. Layla T. De Souza, Assessora Chefe de Informação e Inteligência do Sistema Prisional; Sr. Charlesnaldo dos Santos Oliveira, Diretoria de Segurança Externa do Sistema Prisional; Sr. Leonardo Caetano, Diretoria de Segurança Interna do Sistema Prisional; e outros servidores que por motivos de sigilo funcional não terão seus nomes divulgados.
A operação foi batizada com esse nome em referência ao texto bíblico “Derrubando as muralhas de Jericó” onde se faz uma analogia com a antiga realidade da Unidade, pois por muito tempo foi de difícil e nebuloso acesso, mas o Estado, por empenho de seus servidores, assume novamente o controle da Penitenciária de Segurança Máxima de Minas Gerais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Os comentários postados pelos leitores deste blog correspondem a opinião e são responsabilidade dos respectivos comentaristas leitores e não correspondem, necessariamente, a opinião do autor deste blog.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.