sexta-feira, 24 de junho de 2016

Exército ministra novo curso para agentes penitenciários

A maioria dos agentes já possui arma de fogo, contudo, elas não podem ser usadas dentro da penitenciária.

Agentes penitenciários participaram ontem, 22, de um treinamento com espingarda calibre 12 no campo de treinamento do 16º Esquadrão de Cavalaria Mecanizado. É a segunda capacitação realizada em parceria com o Exército - no dia 8 os agentes receberam instruções sobre o uso do fuzil 762- e, segundo o diretor Marcos de Andrade, tem por objetivo aperfeiçoar a equipe e oferecer alteração de rotinas para os agentes que fazem escoltas de presos e os que atuam no trabalho interno.
A ideia é revezar os agentes que estão participando da capacitação. "Para o próximo deverão participar os inspetores e vigilantes e ainda pensamos em um direcionado para as agentes femininas", reforça.
O porte de arma está liberado para agentes penitenciários desde abril de 2015, depois da sanção da lei pela presidente Dilma Roussef (PT). A maioria dos agentes já possui arma de fogo, contudo, elas não podem ser usadas dentro da unidade, com exceção da equipe de escoltas. Marcos também ressalta a importância da parceria com o Exército que está permitindo o aperfeiçoamento dos agentes penitenciários.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Os comentários postados pelos leitores deste blog correspondem a opinião e são responsabilidade dos respectivos comentaristas leitores e não correspondem, necessariamente, a opinião do autor deste blog.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.