segunda-feira, 13 de junho de 2016

CRISE - GREVE - CAOS - Desabafo de mais um diretor entrega o cargo!


Bom dia a todos os agentes penitenciários de Minas Gerais! Bom dia a todos os amigos da nossa querida SUAPI, Bom dia a todas as autoridades da SUAPI. Quero saudar-vos a todos com um grande abraço. Queridos irmãos Agentes Penitenciários! Saibam que estou Diretor mas sou Agente Penitenciário de carreira e com muita honra. Prezo por dignidade e justiça! Há 4 (quatro), noites sem dormir. Estou muito cansado, triste e aborrecido. E me posiciono da seguinte forma: Não vejo legalidade na postura do que esta ocorrendo na atual conjuntura do sistema. Reprovo a forma em que os DIRETORES SÃO TRATADOS. Pois não temos culpa em paralisação decretada por assembléia deliberada por força sindical. Não temos culpa dos IRMÃOS AGENTES PENITENCIÁRIOS, lutarem por melhorias! E acreditarem que podem sonhar com um sistema penitenciário melhor. Quando ingressei no cargo em comissão foi por competência e profissionalismo, e não por politicagem. É certo que não somos diretores de carreira! E sim, estamos diretores. Mas nós, não somos chaves de manobra de politicagem e sonhamos em melhoras para a classe também. Tem muitos que se calam e não se posicionam mediante as migalhas que recebemos por gerir. Isto devido ao país capitalista mercenário em que vivemos. Nós Gestores do Sistema Prisional, passamos por muitas lutas muitos desafios em prol de um mísero salário. Exemplos: Sem logistica; não temos bons armamentos para todas as unidades; não temos munições menos letais para todas as unidades; grande parte das unidades com equipamentos de informática velhos, sucateados, etc; sem viaturas para transportar presos, as que se encontram nas unidades estão quebradas ou paradas e sucateadas, etc; não tem carros administrativos em todas unidades; os diretores viajando para resolver problemas das unidades em viaturas celas e correndo o risco de responder administrativamente e até com a perda do cargo etc; Não tem rádios HTs para os agentes se comunicarem etc... etc. Insta ressaltar, que hoje estamos numa eminência de guerra criada pela inércia do próprio governo. Pois todas as Unidades Prisionais estão superlotadas de presos e sem condições de oferecer aos presos o mínimo de dignidade para pagarem as suas penas o que nos traz grandes inseguranças e transtornos vendo que pode acontecer possíveis rebeliões e fugas em massa. Diante do exposto ainda somos desrespeitados e humilhados na hora em que mais precisamos de apoio. Me desculpe mas o escopo não é denegrir nenhuma outra instituição, mas a saudosa Polícia Militar entrar nas unidades para realizar os trabalhos dos agentes penitenciários por determinação do governo. Cadê a seriedade, legalidade e legitimidade nisso? Os policiais não são preparados para este tipo de trabalho. E sim para o trabalho ostensivo. E a usurpação de função pública? Uma pergunta que não quer calar: porquê os policiais podem adentrar ao interior da carceragem armados e os agentes não?
Pois se os Agentes entrarem portando armamento letal de imediato é aberto uma procedimento administrativo contra eles. Não há como entender senhores! porque a que a PM, tinha que confeccionar boletim de ocorrência na unidade prisional devido os agentes lutarem de forma pacífica e constitucional pelo seus direitos de melhoras na instituição. Tentei buscar entendimento também em outra questão confusa e inversa, veja: quando os presos se rebelam e quebram tudo; há uma grande preocupação da sociedade e de todas as instituições e de todas as autoridades legislativas e executivas atendendo de imediato as reivindicações dos reeducandos. Por que quando a classe busca justiça é impedida por diversos meios jurídicos e exemplo disso temos aí a famosa liminar com toda a vênia.
Posso mais algumas perguntas queridos!, pois não achei solução: cadê os direitos humanos para tentar ajudar os agentes nesse movimento pacífico em gritante busca de justiça por ter os seus direitos violados? Cadê o apoio da sociedade, pois somos detentores e defensores da segurança para toda a população? Quem será que terá piedade e fará com que os nossos direitos sejam reconhecidos? Um pai de família que sai de casa para defender a sociedade com o principal objetivo de manter á ordem e a disciplina nos presídios, arriscando o seu bem maior que é a vida.
Um dos maiores guardiões da segurança estão esquecidos e desamparados por todos. Nos Agentes de segurança pública é que talvez, somos os verdadeiros excluídos da sociedade? Não precisam responder. Peço perdão e desculpa a todos se aqui houve ofensas ou desrespeito para com quem quer que seja. Foi o meu desabafo. Como Diretor! Assim é a forma que me posiciono. Não quero o pior para ninguém e a luta é por justiça e respeito. Um forte abraço. Que viva os agentes penitenciários! eu sou agente e com muita honra. Se a verdade me penalizar, se a busca por justiça me fazer vestir farda novamente, me desculpe governador é com muito prazer.

FONTE: REDES SOCIAIS

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Os comentários postados pelos leitores deste blog correspondem a opinião e são responsabilidade dos respectivos comentaristas leitores e não correspondem, necessariamente, a opinião do autor deste blog.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.