segunda-feira, 28 de março de 2016

Governo Pimentel prepara pacote de maldade para os servidores públicos

Créditos: Sargento Rodrigues

Você que fica aí sentado, na zona de conforto, e não participa das mobilizações. Veja o que o Governador do Estado está preparando para você.
O Governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, do PT, vai assinar acordo com a União, onde os únicos prejudicados serão os servidores públicos. Analise as medidas para a assinatura:
1 - A proibição de concessão de novos aumentos salariais para os servidores estaduais por pelo menos 2 anos (os servidores da segurança pública ficarão 3 ANOS sem reajuste: ativos, inativos e pensionistas).
2 - O estado não poderá nomear novos servidores, exceto para reposição de aposentados e falecidos (os efetivos dos agentes penitenciários e socioeducativos, Polícia Civil, Militar e Bombeiros, não irão aumentar). SE PREPAREM PARA TRABALHAR DOBRADO!
Outras exigências feitas pelo governo federal são:
A aprovação de uma Lei de Responsabilidade Fiscal pelos Estados;
Instituição de um regime de previdência complementar para os servidores estaduais;
Aumento gradual, de 11% para 14%, na contribuição previdenciária paga por esses servidores.
Essas ações entrarão em vigor em até seis meses após a assinatura do acordo entre o Estado e a União.
Confira a matéria veiculada pelo portal G1:

MOBILIZAÇÃO
Por isso, as associações de classe e os parlamentares, sempre atentos às investidas do Governo, reuniram-se na tarde desta segunda-feira, 28/3/2016, na sede da ASPRA/PMBM, para discutirem a mobilização da próxima sexta-feira, dia 1º de abril, às 13h, na Praça da Assembleia, O PACOTE DE CRUELDADE DESTE GOVERNO. Além disso, eles reivindicam a garantia dos direitos conquistados, da aposentadoria aos 30 anos de serviço, dos direitos previdenciários, da política remuneratória e da recomposição das perdas salariais.
AÇÃO - Convocamos toda a categoria, principalmente, os reformados e da reserva, para que no fim do ato façamos um acampamento em frente ao Palácio da Liberdade. O objetivo é aumentar a pressão sobre o Governo do Estado. Solicitamos, também, que os voluntários tragam suas barracas, bandeiras do Brasil e roupas compatíveis com a missão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Os comentários postados pelos leitores deste blog correspondem a opinião e são responsabilidade dos respectivos comentaristas leitores e não correspondem, necessariamente, a opinião do autor deste blog.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.