sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Policial que matou dois bandidos em assalto é promovido por bravura

O militar enfrentou seis homens na BR-116, no Sul do Estado


Matheus Schuch 
matheus.schuch@rdgaucha.com.br


Brigada Militar (BM) promoveu nesta semana o soldado Sandro Correia de Campos por ato de bravura. Em cerimônia no Batalhão de Operações Especiais (BOE), ele foi conduzido ao posto de 2º sargento após matar dois criminosos e evitar um assalto, na BR-116, em Cristal, no Sul do Estado.
“O soldado De Campos demostrou bravura diante do ataque, confrontando seis criminosos com uma pistola 24/7 municiada com apenas um carregador”, elogiou o comandante do 1º BOE, tenente-coronel Rogério Stumpf Pereira Júnior.
Segundo a BM, em 22 de abril de 2014 o policial viajava com a sua família quando se deparou com uma carreta parada na pista. Ele parou porque acreditava se tratar de um acidente. Ao ser abordado por seis homens, ele reagiu. Após acertar um tiro, De Campos tentou fugir de carro, mas foi perseguido. Ao longo do trajeto, disparou ao menos mais duas vezes, atingindo outro bandido. O carro foi alvejado por vários tiros.
Após andar cerca de 600 metros em marcha-ré até sair da ponte sobre o Rio Camaquã, o militar chegou a um local supostamente seguro, mas foi novamente surpreendido pelos sobreviventes, dando início a um novo confronto. Depois, o bando fugiu em direção a São Lourenço.
De acordo com a BM, a promoção por ato de bravura é aquela que resulta de conduta do servidor que, no desempenho de suas atribuições e para a preservação a vida de outras pessoas, coloca em risco a sua própria vida, demonstrando coragem, audácia e a presença de qualidades morais extraordinárias.
GAÚCHA

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Os comentários postados pelos leitores deste blog correspondem a opinião e são responsabilidade dos respectivos comentaristas leitores e não correspondem, necessariamente, a opinião do autor deste blog.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.