sábado, 17 de outubro de 2015

Detento ostenta luxo dentro de presídio de PE em redes sociais

Preso de Igarassu posta fotos de lagosta e uísque no Facebook. 

As imagens mostram também cela com televisão e equipamento de som.




Latas de cerveja, de cachaça, garrafas de uísque, pratos de camarão e lagosta. As imagens estão no perfil em uma rede social de um dos detentos do Presídio de Igarassu, na Região Metropolitana do Recife, Paulo Henrique Serpa. Ele ostenta os luxos, enquanto cumpre pena por tráfico de drogas e homicídio. O presídio tem capacidade para 426 detentos e atualmente abriga 3.797. [Veja vídeo acima].
Conhecido como “PH”, o detento é o chaveiro do Pavilhão D, cuidando da abertura e fechamento das celas. Nas redes sociais, ele exibe as regalias que afirma ter. Na foto em que aparecem uma TV e um equipamento de som, ele diz que "manda" no lugar e chama a própria cela de "suíte VIP". A página é atualizada diariamente.
No Facebook, o preso anunciou que, no domingo, que é dia de visitas, "a festa está garantida". PH afirma ainda que quem manda no presídio são os chaveiros. Em uma foto em que aparece um prato de frutos do mar, o detento ironiza os agentes penitenciários, que “comem a boia”. Durante a tarde desta quinta (15), Paulo Henrique ainda fez duas novas postagens, afirmando que "a cadeia é uma doença, a visita é o remédio e a liberdade é a cura".
As fotos na rede social exibem ainda correntes supostamente muito valiosas. Segundo um agente penitenciário, que prefere não se identificar, o objeto deve ser de ouro, pois os presos ricos fazem questão de manter com eles objetos assim. “Eles ficam ricos dentro da cadeia, comandam o tráfico, cobram taxa de limpeza. Na verdade, é uma taxa de sobrevivência dentro do presídio”, explica o agente.
Preso chama cela de 'Suíte VIP'  (Foto: Reprodução / TV Globo)Preso chama cela de 'Suíte VIP' (Foto: Reprodução / TV Globo)
A página foi tirada do ar no final da tarde desta quinta. Por meio de nota, a Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres) informou que o coronel Clinton Paiva, superintendente de Segurança Prisional, esteve no presídio nesta quinta (15) e ouviu o preso, que alegou terem sido as fotos tiradas em 2013. A secretaria informou que Paulo Henrique foi afastado do cargo de chaveiro. Confira a íntegra da nota:
“A Secretaria Executiva de Ressocialização (SERES) informa que o Presídio de Igarassu possui a capacidade para 426 detentos e atualmente conta com 3.797. Quanto à denúncia relacionada ao preso Paulo Henrique Serpa, a SERES informa que, no final da manhã desta quinta-feira, 15, o Superintendente de Segurança Prisional esteve no Presídio de Igarassu, para apurar pessoalmente as denúncias, momento que tomou por termo o depoimento do reeducando Paulo Henrique Serpa. O mesmo informou que as fotos foram tiradas em 2013. A SERES ressalta que não admite nenhum tipo de regalia dentro das unidades prisionais do Estado e que já foi aberta uma sindicância para apurar os fatos. O reeducando também vai responder a Conselho Disciplinar. A SERES vem combatendo o uso de celulares dentro das unidades prisionais com a realização periódica de revistas desde janeiro e que até o momento mais de 1.600 celulares já foram apreendidos.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Os comentários postados pelos leitores deste blog correspondem a opinião e são responsabilidade dos respectivos comentaristas leitores e não correspondem, necessariamente, a opinião do autor deste blog.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.