sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Secretário garante cronograma para concurso de agentes

Titular da Defesa Social fez o anúncio a deputados e representantes de candidatos a agente penitenciário.

Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais
O cronograma das duas etapas restantes do concurso público para a contratação de agentes penitenciários e socioeducativos, iniciado em 2012 e paralisado em 2013, deve ser anunciado nos próximos dias. Quem garantiu a informação foi o secretário de Estado de Defesa Social, Bernardo Santana de Vasconcellos, em visita da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) ao gestor. A atividade, solicitada pelos deputados Sargento Rodrigues (PDT), Cabo Júlio (PMDB), João Leite (PSDB) e Missionário Márcio Santiago (PTB), aconteceu nesta sexta-feira (4/9/15), na sede do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG).
Na oportunidade, o deputado Sargento Rodrigues e os representantes da comissão dos candidatos aprovados nas primeiras quatro etapas do concurso entregaram relatórios da audiência pública da comissão que tratou do tema, realizada no dia 2 de julho, e de dados relativos à demanda de nomeação de novos servidores para o sistema prisional. Os documentos trazem, ainda, diagnósticos da situação no Estado, com base em reuniões da comissão realizadas nas cidades de Araçuaí (Vale do Jequitinhonha), Aimorés (Vale do Rio Doce) e Andradas (Sul do Estado).
Após a entrega oficial dos relatórios, o secretário garantiu que o cronograma das etapas restantes do concurso deve ser anunciado na próxima semana. “Pretendemos publicizar a continuidade do processo seletivo dos agentes penitenciários e socioeducativos após o feriado”, garantiu.
O deputado Sargento Rodrigues destacou, ainda, que, além de cobrar providências para a realização das últimas etapas do concurso, solicitou ao secretário uma atenção especial a problemas relativos aos plantões regionalizados e à sobrecarga de trabalho dos policiais. “É preciso que o Estado cuide, também, do cinturão de segurança pública para combater a entrada de criminosos pelas divisas, em especial com Rio de Janeiro e São Paulo”, afirmou.
Concurso – O representante dos candidatos aprovados no concurso de agentes penitenciários e socioeducativos, Paolo Costa, explicou que o processo seletivo teve início em 2012 e ficou paralisado por cerca de seis meses. “Estamos cobrando a realização das duas etapas restantes, assim com a nomeação e a posse dos aprovados”, disse. Ele lembrou, ainda, que pediu ao secretário que convoque todos os candidatos aptos para o curso de formação que estão fora do número de vagas definidos em edital (3.553 para agentes penitenciários e 880 para agentes socioeducativos).
FONTE: ALMG

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Os comentários postados pelos leitores deste blog correspondem a opinião e são responsabilidade dos respectivos comentaristas leitores e não correspondem, necessariamente, a opinião do autor deste blog.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.