sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Presídio de Itaobim amplia capacidade com anexo para os regimes semiaberto e aberto - See more at: http://aconteceunovale.com.br/portal/?p=69587#sthash.UMrVNQ1C.dpuf


O Presídio de Itaobim, na região do Vale do Jequitinhonha, realiza obras para a construção de um anexo com 24 vagas para presos do regime semiaberto. Atualmente, o estabelecimento prisional tem 72 vagas e lotação de pouco mais de 90 presos. A iniciativa tem o apoio do Ministério Público e do Poder Judiciário da cidade de Medina, sede da comarca, cabendo à direção do presídio providenciar o projeto de engenharia.
A nova instalação vai abrigar detentos beneficiados com progressão para os regimes semiaberto e aberto. Segundo o juiz de Execução Penal de Medina, Arnon Argolo Matos Rocha, presos do regime aberto eram conduzidos para cumprimento de pena em regime domiciliar por falta celas apropriadas.
As obras começaram em julho com a liberação pela Justiça de aproximadamente R$ 121 mil provenientes de multas pecuniárias aplicadas contra réus da comarca. A Prefeitura de Itaobim doou materiais e cedeu um engenheiro para acompanhar a construção. A previsão de entrega é dezembro deste ano.
Há 16 detentos do Presídio de Itaobim engajados na obra, beneficiados por remição de pena (um dia a menos para cada três trabalhados). Oito deles fizeram curso de pedreiro de alvenaria e de carpinteiro de obras aplicado pelo Instituto Federal de Muzambinho, no âmbito do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e estão treinando os demais. Os blocos de cimento utilizados na construção do anexo são fornecidos por uma fábrica que também emprega detentos na linha de produção.
Para o novo prédio, está prevista uma entrada independente, celas coletivas com banheiros, sala para revista e sala administrativa com banheiro. O diretor-geral do presídio, Clayton Reges Cardoso, afirma que a unidade está em busca de novas parcerias para melhorias adicionais.
Segundo Cardoso, a experiência da construção do albergue, com custo reduzido graças ao aproveitamento da mão de obra de presos, facilitará a captação de recursos para novos projetos, como a construção de uma muralha na unidade.

A previsão de entrega é dezembro deste ano – Foto: Marcelo Sant’Anna/Imprensa MG - See more at: http://aconteceunovale.com.br/portal/?p=69587#sthash.UMrVNQ1C.dpuf

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Os comentários postados pelos leitores deste blog correspondem a opinião e são responsabilidade dos respectivos comentaristas leitores e não correspondem, necessariamente, a opinião do autor deste blog.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.