quarta-feira, 16 de setembro de 2015

FEBRASP BRASIL atua para conquistar direito à adicional de periculosidade para todos os agentes penitenciários do país!


Assim como no porte de arma, Febrasp Brasil inicia caminhada para inserir os agentes e guardas prisionais na lei que irá tratar sobre a concessão do adicional de periculosidade em 30% a diversos profissionais da segurança pública.
Na tarde de hoje (15.09) a Federação Brasileira dos Servidores Penitenciários esteve reunida com o Deputado Federal Subtenente Gonzaga, onde solicitou a inclusão dos agentes e guardas prisionais no Projeto de Lei n° 193 de 2015, que versa sobre o reconhecimento da atividade de execução penal como insalubre e perigosa. 
Este projeto visa ainda garantir o pagamento de 30% de periculosidade a todos os profissionais da segurança pública, assim como já ocorre com os trabalhadores da segurança privada.
Para o presidente da FEBRASP BRASIL, Leandro Allan, este projeto irá corrigir uma injustiça para com os profissionais que laboram em constante risco. "Nós, agentes penitenciários, merecemos também o reconhecimento estatal e legal da nossa condição de atividade perigosa, pois garantimos o sono da sociedade numa das profissões mais arriscadas, insalubres e penosas do nosso país".

O Dep. Subtenente Gonzaga garantiu que o pleito é justo, e nos próximos dias irá fazer emenda ao PL incluindo no rol de profissionais contemplados os agentes e guardas prisionais. "Nada mais justo que contemplar neste projeto estes heróis anônimos, heróis no maior, melhor e mais real sentido da palavra".

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Os comentários postados pelos leitores deste blog correspondem a opinião e são responsabilidade dos respectivos comentaristas leitores e não correspondem, necessariamente, a opinião do autor deste blog.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.