terça-feira, 23 de junho de 2015

Trio que assaltou deputado Cabo Júlio já era investigado por roubo de casas em Nova Lima Os três homens foram presos pela Polícia Civil e apresentados na tarde desta terça-feira. Arma do parlamentar que é ex-policial segue desaparecida

 João Henrique do Vale

O deputado foi abordado na BR-040, em Nova Lima, em maio deste ano



Criminosos que roubaram o carro do deputado estadual Cabo Júlio (PMDB) foram presos pela Polícia Civil. Os três homens foram encontrados na Região do Barreiro e no Bairro Floramar, na Região Norte de Belo Horizonte. O grupo já estava sendo investigado por roubos a residências e a empresas no Bairro Jardim Canadá, em Nova Lima, na Grande BH. Pelo menos seis assaltos já foram identificados. Equipes da 3ª Delegacia da cidade tentam encontrar a arma da vítima que foi levada no dia do crime e outros pertences pessoais. O trio foi apresentado na tarde desta terça-feira. 


O assalto contra o deputado aconteceu em 25 de maio deste ano. O deputado voltava do Rio de Janeiro com a esposa e o filho quando precisou estacionar para trocar a fralda da criança na marginal da BR-040, no Bairro Jardim Canadá. O trio se aproveitou da situação e parou um carro ao lado do Hyundai do parlamentar. Os criminosos armados obrigaram a família a entrar no outro carro. O trio então entrou no Hyundai e fugiu.
A polícia conseguiu chegar até os autores com base no depoimento das vítimas. “Através das características físicas e do modo como agiram, conseguimos identificar que eles eram autores de outros roubos que estava acontecendo na região e que já estávamos investigando”, afirma a delegada Valéria Decat de Moura da 3ª delegacia de Nova Lima. Os assaltantes foram identificados como Gustavo Gonçalves Romano, Mayke Kennedy da Silva Magalhães e Leander Barbosa Braga. 


A delegada pediu as prisões preventivas dos criminosos que foram cumpridas na Região do Barreiro e no Floramar. “O Mayke era morador de Ribeirão das Neves, mas teve que deixar a cidade depois de se envolver em uma briga pelo tráfico de drogas. Ele foi morar no Barreiro e conheceu os dois comparsas. Ele estava sendo monitorado por tornozeleira eletrônica, mas tirou o objeto no dia do crime”, conta Valéria Decat. 


Em depoimento, segundo a delegada, os três confessaram os roubos. Antes da ação contra o deputado, o trio entrou na casa de um policial civil no Bairro Jardim Canadá e fez a vítima como refém. Em seguida, roubaram diversos materiais e seguiram para a BR-040. “Os três confessaram que estava em um carro que estragou na rodovia. Por causa disso, se viram obrigados a roubar o carro do deputado”, afirma. O veículo foi encontrado na região do Barreiro um dia depois do crime com as malas da família do parlamentar dentro. A arma dele, que é ex-policial, não foi encontrada. “O Mayke disse que vendeu a arma por R$ 6 mil. Vamos continuar a ação para tentar encontrar os materiais que não foram achados”, diz Valéria Decat. 


O trio também é suspeito de praticar crimes contra residências e empresas em Nova Lima. Segundo as investigações, eles aproveitavam de momentos de distrações de funcionários e moradores para praticarem o assalto. “Eles circulavam pelo bairro até encontrar uma residência que tinha uma vítima na porta com portões abertos. O grupo rendia a vítima e levava os materiais”, comenta a delegada. 


Os três homens vão responder por crime de roubo majorado pelo uso de arma de fogo e pelo uso vão responder por crime de roubo majorado pelo uso de arma de fogo e com uso mais de dois agentes. 


Alívio 


O Deputado Cabo Júlio se mostrou satisfeito com as prisões e agradeceu o trabalho da Polícia Civil. “Tenho um sentimento de gratidão à polícia por terem encontrado esses caras. Só no dia que fui na delegacia tinha seis famílias diferentes que foram assaltadas pelos mesmos homens. Então, com a prisão deles você impede vários assaltos. Hoje, tenho a tranquilidade com as prisões”, disse o parlamentar.
CRÉDITOS:  www.em.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Os comentários postados pelos leitores deste blog correspondem a opinião e são responsabilidade dos respectivos comentaristas leitores e não correspondem, necessariamente, a opinião do autor deste blog.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.