domingo, 3 de maio de 2015

Jovem é morto nos fundos do presídio de Barbacena/MG por Agente Penitenciário.


Agentes penitenciários pensaram que suas armas estavam carregadas com balas de borracha. Por volta das 23h30 deste sábado, a Polícia Militar e o SAMU foram acionados a comparecerem no presídio de Barbacena, onde ocorreu o homicídio de um jovem que aparenta cerca de 18 anos e até o momento ainda não foi identificado. Segundo os agentes penitenciários de serviço, o  indivíduo encontrava-se no meio da mata de acesso aos fundos do presídio, e ao ser visto da muralha onde prestavam serviço, os agentes diziam a ele que ali era área de segurança e que o mesmo não deveria se aproximar. Quando o jovem fez menção de tirar algo por debaixo da blusa, os agentes imaginaram que o indivíduo sacaria uma arma e fogo e atentaria contra eles, e em razão disso efetuaram disparos de advertência com armas calibre .12. Após os disparos, os agentes relataram que o homem teria corrido para o mato, momento em que foi acionado o SAMU e a Polícia, que ao chegarem ao local e vistoriando a região juntamente com os agentes penitenciários encontraram o rapaz já sem vida. O rapaz possuía aparentemente 18 anos, estatura mediana, cor parda, magro e não portava nenhum documento de identificação. Ele foi encontrado com várias perfurações nas costas, provenientes de arma de fogo, sendo localizado em suas roupas, na altura da cintura, uma sacola contendo dois celulares, dois carregadores, quatro tabletes do tamanho aproximado de uma caixa de fósforo de uma substância esverdeada, análoga a maconha , um celular no bolso da bermuda, e um celular no meio do mato próximo ao corpo. Em depoimento à Polícia Militar, um dos agentes contou que chamou o  SAMU por haver detectado   que um dos disparos de sua arma havia sido de um projétil de arma de fogo em vez de bala de borracha, e que pensa que pode haver se confundido ao carregar a arma pela pouca luminosidade de seu posto de trabalho. Em datas passadas, conforme registro de boletins de ocorrência junto à Polícia Militar, aconteceram outras tentativas de invasão no presídio, e numa delas os invasores dispararam de arma de fogo contra os agentes. A vítima ainda não foi identificada. Blog da Renata/ A VOZ DO POVO.

Fonte: A voz do povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Os comentários postados pelos leitores deste blog correspondem a opinião e são responsabilidade dos respectivos comentaristas leitores e não correspondem, necessariamente, a opinião do autor deste blog.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.