segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Atenção!!! Preso confessa a motivação do atentado contra promotor de Monte Carmelo.

33

O delegado de Monte Carmelo, Wilton José Fernandes, disse que Juliano alegou que a tentativa de assassinato cometida contra o promotor teria sido motivada pelo fato de ser ele o autor do levantamento realizado pelo Ministério Público, há um ano e dois meses, que resultou na perda de mandato parlamentar do pai, conseqüentemente, do cargo de presidente da Câmara Municipal de Monte Carmelo. Ainda de acordo com o delegado Wilton, Juliano teria feito questão de inocentar seu pai de qualquer participação no crime, alegando que ele nem sequer sabia dos planos de executar o promotor a tiros. O policial informou, no entanto, que o ex-vereador Valdelei permanece preso temporariamente. “As investigações terão prosseguimento, para esclarecer definitivamente o caso”, explicou. O delegado adiantou que Juliano será indiciado por tentativa de homicídio duplamente qualificada, por motivo fútil e recurso que dificultou a defesa da vítima. 

A VOZ DO POVO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Os comentários postados pelos leitores deste blog correspondem a opinião e são responsabilidade dos respectivos comentaristas leitores e não correspondem, necessariamente, a opinião do autor deste blog.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.