sexta-feira, 7 de novembro de 2014

A evolução do presídio regional de Diamantina

Capa (17)
Na tarde de 30 de outubro, ainda enfumaçada pelas queimadas que precedem as chuvas, tão parcas e atrasadas neste ano de 2014, o pátio do Presídio Regional de Diamantina se encheu de um público que bem revelava a importância que o estado, as instituições e a sociedade têm dado ao sistema prisional. Que, aliás, neste patrimônio cultural da humanidade, só começou a merecer alguma atenção a partir de 1995, com a desativação de sua antiga, decadente e insalubre Cadeia Velha e a transferência de seus inquilinos para uma nova prisão elevada a Presídio Regional no dia 12 de abril de 2011.
A recém-inaugurada unidade prisional passou a ser gerida por agentes da Subsecretaria de Administração Penitenciária (Suapi) que mudaram aquele ambiente tenebroso e hostil. Assessorados por uma equipe de assistentes sociais, psicólogos, médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e advogados, seus 50 agentes não chegaram de mãos abanando. Guarneceram as celas e o almoxarifado de novos colchões, roupas de cama, escovas de dente e outros objetos de uso pessoal. Ao mesmo tempo em que uniformizaram os presidiários, cortaram seus cabelos e apreenderam drogas, armas ou celulares que possivelmente estivessem em seu poder. Além da geração de dezenas de empregos preenchidos por concurso público, a atuação da Suapi liberou bom número de policiais civis e militares, assim como suas viaturas, para outras funções.
Mas a sequência de melhoramentos advindos da elevação da cadeia a presídio e da troca da Polícia Militar pela Suapi nunca parou. Graças à atuação do Poder Judiciário, do Ministério Público e de outras valorosas instituições e, de modo especial, ao incessante trabalho do Conselho da Comunidade, a situação dos seus apenados melhorou. E muito. E mais ainda com a colaboração da OAB, Seção de Minas Gerais, juntamente com a Suapi que, na última quinta-feira, inauguraram a sala de advogados e o prédio administrativo do Presídio de Diamantina.

http://passadicovirtual.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Os comentários postados pelos leitores deste blog correspondem a opinião e são responsabilidade dos respectivos comentaristas leitores e não correspondem, necessariamente, a opinião do autor deste blog.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.