segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Wandrew Schwenck

Oi? Como começar a escrever sobre o dia 01 de setembro? Pensei bastante no que eu poderia escrever para vocês, pois sei que muitos param para lê meus pensamentos, recebo mensagens e muita positividade. Pois vocês me fazem ser forte para continuar a caminhada dessa minha nova jornada. Não é fácil! Nada é fácil! Não sou forte, aprendi ser forte, a vida né obrigou a ser forte, me obrigou vê minha vida regredir e meus sonhos serem roubados. Hoje completo 5 anos de lesão medular, sou tetraplégico desde os 29 anos. A idade que vi meus amigos indo para faculdade, namorar, casar, ter filhos, saindo, baladas, praia, caminhar, seguirem suas vidas normalmente e me vi deitado parado e olhando a volta achando que perdi tudo. Tentando ser forte e não chorar para que meus pais pudessem agüentar essa barra junto comigo. Pessoas me deixaram, perdi amigos por causa da lesão (SIM, POR CAUSA DA LESÃO). Nem todos estão preparados a privar suas vidas para lidar e se relacionar com um deficiente físico, muitos não me deram oportunidade de mostrar que voltaria algum dia a rotina de sempre. Enfrentando obstáculos, barreiras, preconceito, olhares, falta de acessibilidade e oportunidade. Choro com saudades do que era tão simples e fácil no "nosso dia-a-dia", hoje para mim é um desafio. Choro pela falta de oportunidades em muitas coisas, poder caminhar na praia, afundar meus pés na areia, levantar da cama e tomar meu banho como antes (não sentado em uma cadeira). Saudades de olhar como fiquei na roupa nova, como estou vestido por completo. Correr e abraçar alguém por inteiro, de ir e vir sem da explicações. A saudade e as lembranças ficarão nas fotos, não posso voltar ao tempo ou atrás do que eu já fui um dia. Tento mudar o que eu posso, tento ser mais forte do que você possa imaginar, pois melancolia é a todo instante em nossos pensamentos. "EU NÃO NASCI ASSIM, POR QUE ISSO COMIGO?" 
Agora pergunto para Deus, "PARA QUE ESTOU ASSIM?", pois o por que até hoje não sei o propósito. Sei que nessa nova vida conheci pessoas e lugares inesquecíveis, tive ótimas oportunidades, reconquistei coisas que perdi andando. Uma delas se chama CONFIANÇA, algo que quando se perde é como um papel amassado, nunca mais volta a ser o mesmo. 
Sinto fortes dores e saudades, mas sinceramente não saberia responder se eu trocaria a vida de hoje, conquistas e pessoas que conheci pela vida de 2009. Eu não sei, não sei se gostaria de voltar a ser o Wandrew Schwenck antigamente. (Acho que não).

"A vida me ensinou a nunca desistir, mas procurar evoluir."
Pode ter me tirado muitas coisas, mas as que conquistei são incomparáveis da minha vida antiga. Aprendi dominar minha cadeira, aprendi que ninguém me carrega e domina meu caminho ou destino. Esse trabalho deixa comigo, quem leva essas duas rodas e toda força de viver sou eu. 
Tentaram me derrubar, me desafiaram e eu dobrei a aposta.

"Caiu 7 vezes, levante 8."

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Os comentários postados pelos leitores deste blog correspondem a opinião e são responsabilidade dos respectivos comentaristas leitores e não correspondem, necessariamente, a opinião do autor deste blog.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.