domingo, 28 de setembro de 2014

MINAS EM AÇÃO - JUSCELINO MAKTUB FALA SOBRE PROJETO L – LIBERTAÇÃO DESTE SISTEMA OPRESSOR


Na reta final de campanha eleitoral o Blogueiro Juscelino Maktub fala sobre Projeto L e exemplifica ações simples que determinarão o futuro do sistema prisional e socioeducativo de Minas Gerais e do Brasil.
Juscelino Maktub.’., ressalta que “com atitudes simples, iniciativas básicas conseguiremos eleger um representante que defenderá nossos direitos e conquistará melhorias para a classe dos Agentes Penitenciários, Socioeducativos e servidores do administrativo e técnicos do sistema prisional”.
Lealdade com a classe = Servidor do sistema prisional e socioeducativo vota em quem é da classe;
Legitimidade para representar a classe  = Só um servidor que trabalha no sistema irá defender nossos direitos e lutará por conquistas;
Lutar por melhores condições de trabalho = Com a nossa união conseguiremos um representante legitimo que nos representará ALMG;
Libertação deste sistema opressor = Estamos cansados de opressão e mazelas do estado;
Lista de ações para a vitória da classe:
Cada Servidor do Sistema Prisional e Socioeducativo tem a responsabilidade de conseguir mais 7 votos para mudarmos a nossa realidade e conseguirmos eleger o primeiro ASP a deputado estadual do Brasil.
- Vamos pedir votos para a nossa família, os nossos amigos e os nossos vizinhos;
- Muitos eleitores NÃO tem definido candidato a deputado estadual, peça seu voto. Peça por você!
Uma pequena atitude que mudará a nossa história e alavancará a nossa carreira. Só temos a ganhar!
CONFIRMAREMOS NO PRÓXIMO DIA 5 
Juscelino Maktub .’. é ASP, Administrador Público, sindicalista e luta para uma união dos servidores do sistema prisional e socioeducativo, por um local de trabalho mais digno para estes servidores e melhorias para a classe.

FONTE: BLOG DO JUSCELINO MAKTUB

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Os comentários postados pelos leitores deste blog correspondem a opinião e são responsabilidade dos respectivos comentaristas leitores e não correspondem, necessariamente, a opinião do autor deste blog.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.