segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Emoção! Banda do interior de Minas ganha sede e instrumentos musicais Os 50 jovens músicos tocaram no palco do Caldeirão com Milton Nascimento

O 'sargentinho' foi surpreendido por Luciano Huck (Foto: Caldeirão do Huck/TV Globo)
O 'sargentinho' foi surpreendido por Luciano Huck (Foto: Caldeirão do Huck/TV Globo)
A história da cidade mineira de Cordisburgo, com oito mil habitantes, mudou com a chegada do sargento da Polícia Militar Leonardo Leandro Sousa Diniz, que recebeu uma força e tanto do Caldeirão para continuar transformando a realidade da região. Responsável pela revitalização e manutenção da banda Vitalina Corrêa, que reúne 50 jovens músicos, o "Sargentinho", como é conhecido, levou um susto quando Luciano Huck invadiu seu quartel e informou que ele estava no Um Por Todos e Todos Por Um.
O quadro, que ajuda a realizar sonhos de empreendedores socias, entregou, em 10 dias, o Espaço Cultural Haydee Ferreira Viana para a banda administrada pelo "Sargentinho". O lugar que leva o nome da fundadora e presidente da banda contou com decoração de artesanato local, além de sala para ensaios e diversos instrumentos musicais. 
Antes da chegada do Caldeirão do Huck, a banda Vitalina Corrêa contava com uma estrutura precária, mas com a dedicação total do sargento Leonardo. Com uma infância difícil e uma família complicada, Leonardo nunca teve dúvida do que queria: ajudar as pessoas. "Eu precisava construir aquele herói dos meus sonhos de criança", disse.
A Banda Vitalina Corrêa se apresenta no antigo galpão antes da reforma (Foto: Caldeirão do Huck/TV Globo)A Banda Vitalina Corrêa se apresenta no antigo galpão antes da reforma (Foto: Caldeirão do Huck/TV Globo)
O "Sargentinho", de 35 anos, pediu apenas que o Caldeirão do Huck finalizasse a sede da banda, mas acabou ganhando muito mais. Com a mobilização de toda a cidade e com a ajuda de artistas, como a dupla Cesar Menotti e Fabiano e a Família Lima, o projeto foi um sucesso. 
Leonardo, sua mulher e o maestro André também foram conferir no Rio de Janeiro a apresentação do espanhol Placido Domingos, um dos maiores tenores do mundo. "Eu nunca tinha ido em um teatro. Na minha idade, é a primeira vez que eu entro em um espaço tão bonito e ainda mais com orquestra e Placido Domingos, que eu sou fã", contou Telma. O maestro André chegou a tietar o tenor e saiu com uma foto. 
Dona Haydee, Leonardo e Telma se emocionam na entrega da sede da banda (Foto: Caldeirão do Huck/TV Globo)Dona Haydee, Leonardo e Telma se emocionam na entrega da sede da banda (Foto: Caldeirão do Huck/TV Globo)
Na entrega da sede da banda, um elenco de estrelas gravou depoimentos em apoio ao projeto, que foram transmitidos na praça de Cordisburgo. O primeiro a aparecer no telão foi Lima Duarte, ídolo da presidente da banda, que guarda uma foto do ator com a Vitalina Corrêa quando ele esteve em Cordisburgo.
 "Haydee minha querida, é um prazer mandar um abraço para você e especialmente para o seu projeto, que se chama Além do Coração. Pois eu sei de uma musiquinha que foi além do meu coração. Indo tão além que chegou até a minha infância. E que dizia assim: 'A poeira do Cordisburgo não faz mal para ninguém não. Do pulmão lá ninguém morre. Lá o que mata é o coração'", disse o ator, seguido pelos depoimentos dos sertanejos Michel Teló e Paula Fernandes e da atriz mineira Débora Falabella.
E as surpresas não pararam aqui! Luciano Huck convidou a Vitalina Corrêa para ir ao Caldeirão e os músicos arrasaram no palco do programa ao lado do também mineiro Milton Nascimento. "Espero que as pessoas que tenham assistido essa matéria olhem pro lado e tentem encontrar sargentinhos nas suas ruas, nas suas cidades, e que apoiem porque o empreendedor social precisa de apoio", finalizou Huck.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Os comentários postados pelos leitores deste blog correspondem a opinião e são responsabilidade dos respectivos comentaristas leitores e não correspondem, necessariamente, a opinião do autor deste blog.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.