domingo, 15 de junho de 2014

RELATO DE UM AGENTE PENITENCIÁRIO ANÔNIMO


Olha o resultado que dá ficar abrindo pernas pra preso...Não me refiro aos diretores não, estou falando deste sistema falido que privilegia vagabundo com esta pseudo- ressocialização. Vi postagens aqui que afirmam serem os diretores linha dura que não dão mole pra preso. Esta postura deveria ser a de todos os diretores da SUAPI ,mas infelizmente, existe um bando de indicados que não possuem culhões e, para garantirem o cargo, deixam a cadeia nas mãos dos bandidos, relegando os agentes à própria sorte. O pior ainda, é que na hora que se solicita uma transferência para estes presos indisciplinados, começa a aparecer regulamentações e mais regulamentações que atravancam o feito, aí, minha gente, o vagabundo se sente o máximo, pronto pra repetir a dose.
Olha, vou ser bem sincero aqui, se nossos governantes, não tomarem vergonha na cara, e cobrarem do Governo Federal, ações efetivas contra a criminalidade, nós estamos perdidos. 
Bandido hoje faz o que bem entende e ninguém faz nada. A Polícia está de pernas e mãos atadas porque se mata bandido, vai presa. Nós ASP'ens, IDEM, porque se cobrar o POP na íntegra, o malaco vira a cadeia, se descermos o coro pra reestabelecermos a ordem, vamos pro banco dos réus....
É pessoal, se correr o bicho pega e se ficar o bicho come... Mas tudo tem um limite, e quando a tampa da panela não suportar mais, quero ver os engabinetados, com suas regulamentações e portarias, convencerem o "guarda" a cumprir ordens e bater metas....

PRESTA ATENÇÃO ENGABINETADOS, O QUE VOCÊS FAZEM AGORA, COLHERÃO NO FUTURO. COMO ESCREVEU Chaplin: "....NÃO SOIS MÁQUINAS, HOMENS É O QUE SOIS."
Somos seres humanos, queremos apenas ser tratados com mais respeito...
Abraços.


TEXTO ORIGINAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Os comentários postados pelos leitores deste blog correspondem a opinião e são responsabilidade dos respectivos comentaristas leitores e não correspondem, necessariamente, a opinião do autor deste blog.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.