sábado, 17 de maio de 2014

Soldado da PM morre ao tentar impedir assalto no Bairro Ouro Preto, na Pampulha Segundo informações da PM, o militar abordou três criminosos que estavam roubando um casal. Houve troca de tiros e o policial foi baleado na barriga

Um soldado da Polícia Militar foi baleado e morreu ao tentar impedir que um casal fosse assaltado na Avenida Fleming, uma das mais movimentadas do no Bairro Ouro preto, na Região da Pampulha, na noite desta sexta-feira. De acordo com a Polícia Militar, o policial estava à paisana e levou um tiro na barriga depois de trocar tiros com três criminosos. Um dos bandidos também morreu.

De acordo com as primeiras informações da PM, um casal caminhava pela avenida, quando próximo da Rua Jordânia, foi abordado por três assaltantes. O militar percebeu a movimentação e tentou impedir o crime, abordando os suspeitos. Houve troca de tiros e o soldado foi ferido. Após o confronto, os bandidos fugiram. Um grande efetivo policial foi empenhado na ocorrência que contou ainda com o apoio do helicóptero da corporação.

O soldado da PM foi socorrido e levado o Hospital Odilon Behrens, onde morreu, segundo a PM. As primeiras informações são de o que o policial era lotado no 49º Batalhão, na Região de Venda Nova.

Durante as buscas aos suspeitos, os militares encontraram na Rua Belterra, três ruas acima do local onde houve a troca de tiros, um Peugeot 207 preto abandonado. Dentro dele, no banco de trás, estava um homem morto a tiros. A suspeita é de que o homem tenha sido baleado pelo militar durante o confronto.
Os outros dois suspeitos fugiram a pé e pouco tempo depois um deles foi localizado e detido. O criminoso foi levado para a Área Integrada de Segurança Pública (Aisp) do Bairro Ouro Preto. Vários militares fizeram um intenso rastreamento em busca do fugitivo. Até 0h30 ele não havia sido localizado.

Durante o desdobramento da ocorrência, compareceu na Aisp uma funcionária pública de 23 anos, alegando que estava em seu carro com duas amigas, voltando da faculdade, quando foi abordada por uma homem armado e ferido na Rua Mantena, próximo ao clube do América. A mulher contou que o homem entrou no banco traseiro e mandou que ela seguisse em direção à Avenida Catalão. No meio do caminho, o bandido ordenou que as mulheres deixassem o veículo e assumiu a direção. O carro é um Corsa de cor escura.

Com informações de Luana Cruz (em.com) e Fernanda Penna (TV Alterosa)


Nenhum comentário:

Postar um comentário


Os comentários postados pelos leitores deste blog correspondem a opinião e são responsabilidade dos respectivos comentaristas leitores e não correspondem, necessariamente, a opinião do autor deste blog.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.