sexta-feira, 11 de abril de 2014

Diretor de presídio é afastado por desvio de conduta em Poços de Caldas/MG

Suspeita de desvios de conduta causaram afastamento da unidade.
Agentes fizeram diferentes denúncias contra Marcelo Henrique de Sousa.


O diretor do Presídio de Poços de Caldas (MG), Marcelo Henrique de Sousa, foi afastado do cargo por determinação da Justiça de Minas Gerais. Segundo a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), ele e mais quatro agentes prisionais estão sendo investigados por possíveis irregularidades que aconteciam dentro do presídio da cidade. Entre os crimes, estão maus-tratos contra detentos.
Por nota, a Subsecretaria de Administração Prisional (Suapi) informou que o ex-diretor ocupava o cargo desde maio de 2010 e que, a partir de agora, quem assume a direção da unidade até que as investigações sejam concluídas é o diretor geral do Presídio de Andradas (MG), Douglas Fernando Cussolim Pelagaldi.
Segundo o juiz Narciso Alvarenga de Castro, que ordenou o afastamento, até o momento existem duas acusações formais contra o diretor afastado. Ainda conforme o juiz, o processo está em fase inicial e todos os envolvidos ficarão afastados enquanto durarem as investigações.

De acordo com um dos agentes penitenciários, que não quis ser identificado, o ex-diretor responde a várias denúncias como ausência de folgas e não pagamento de horas extras aos funcionários, escolta de presos com número insuficiente de agentes, entre outras. Sousa foi procurado, mas não foi encontrado para comentar o afastamento.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Os comentários postados pelos leitores deste blog correspondem a opinião e são responsabilidade dos respectivos comentaristas leitores e não correspondem, necessariamente, a opinião do autor deste blog.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.