quarta-feira, 12 de março de 2014

MG:Governo admite fracasso no monitoramento de presos com tornozeleira eletrônica.

O estado de Minas Gerais pode repensar o sistema de monitoramento de criminosos através das tornozeleiras eletrônicas. O dispositivo, que não é inviolável, tem se mostrado ineficaz para impedir a prática de delitos. Até o momento, 15% dos detentos que utilizaram o aparelho descumpriram as normas de segurança pré-estabelecidas.
O subsecretário de Administração Prisional de Minas Gerais, Murilo Andrade de Oliveira, admite que as tornozeleiras não estão mostrando a eficácia esperada. “Se a gente for ver o quantitativo de presos que temos hoje sobre monitoração eletrônica, logicamente vamos ter vários casos de descumprimento. Até o momento, tivemos no estado cerca de 2,3 mil presos monitorados e em torno de 350 descumprimentos, dentre cortes e saídas das áreas permitidas”, informou.
Segundo Murilo Andrade de Oliveira, o governo já estuda, inclusive, a possibilidade de acabar com a utilização das tornozeleiras.  “A principio, a gente acha que está dentro das possibilidades de acontecer, uma vez que a tornozeleiras não impede o indivíduo de se deslocar. Ou ele pode cortar a tornozeleiras, uma vez que ela não é inviolável. Então, isso (extinção) pode vir a acontecer com certeza”, informou.
Além da falha operacional da tornozeleiras, o subsecretário também lamenta a postura dos detentos, que apesar de ganharem o benefício optam por continuar na criminalidade. “Infelizmente, o indivíduo, ao invés de procurar emprego, vai cometer delitos. Então, dentro das possibilidades, a gente vai acertando e alinhando para que não venha a acontecer estes fatos”, comentou Murilo Andrade de Oliveira.
Ouça a reportagem completa de Amanda Antunes:

Fonte: Rádio Itatiaia

OUÇA O(S) AUDIO(S) DESTA NOTÍCIA:

Governo admite fracasso no monitoramento de presos com tornozeleira eletrônica

FONTE:HTTP://WWW.ITATIAIA.COM.BR/NOTICIA/GOVERNO-ADMITE-FRACASSO-NO-MONITORAMENTO-DE-PRESOS-COM-TORNOZELEIRA-ELETRONICA

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Os comentários postados pelos leitores deste blog correspondem a opinião e são responsabilidade dos respectivos comentaristas leitores e não correspondem, necessariamente, a opinião do autor deste blog.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.