segunda-feira, 3 de março de 2014

AGENTE PENITENCIÁRIO DE GRÃO MOGOL É TORTURADO POR MILITARES E SEGURANÇAS DA EMPRESA GUARDIÕES

 FOTO: Agente Geraldo Carlos


Associação dos Agentes Prisionais e Socioeducativo do Norte de Minas está analisando o caso do Agente de Segurança Penitenciário Geraldo Carlos lotado na Cidade de Grão Mogol, que foi preso pela polícia militar e conduzido para a cadeia pública local, fato é, o Agente está todo quebrado, várias lesões e corre o risco de perder a visão. O advogado do agente efetuou o contato com a DIRETORIA da associação, no entanto, pedimos o AUTO CORPO DELITO, tentamos conversar com à DELEGADA, mas ela ouviu o Agente e liberou-o para que seja internado de imediato no HOSPITAL FUNDAÇÃO SANTO ANTÔNIO DE GRÃO MOGOL. Em linhas gerais, se o agente errou vai pagar, porém, o servidor ser TORTURADO PELA POLÍCIA E SEGURANÇAS não pode não! Se ele tivesse alterado a polícia tem métodos eficientes para conter a ação. Estamos acompanhando os fatos e depois postaremos mais notícias.

Auto corpo delito constata as agressões sofridas pelo Agente Geraldo Carlos da cidade de GRÃO MOGOL, até arma de stock os seguranças utilizaram para torturar o agente, é um absurdo a PM não conter e ainda ajudar a bater no cidadão!




Nenhum comentário:

Postar um comentário


Os comentários postados pelos leitores deste blog correspondem a opinião e são responsabilidade dos respectivos comentaristas leitores e não correspondem, necessariamente, a opinião do autor deste blog.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.