sábado, 29 de setembro de 2012

Polícia não descarta que o crime pode ter sido em represália às constantes apreensões de drogas na cadeia pública da cidade de Campo Belo


Um atentado a bomba atingiu uma casa onde moram três agentes penitenciários na madrugada deste sábado, em Campo Belo, no Sul de Minas. Segundo a Polícia Militar, um artefato semelhante a dinamite foi deixado entre duas casas, na Rua Antônio Correa dos Reis, Bairro Oliveiros. 
Polícia não descarta que o crime pode ter sido em represália às constantes apreensões de drogas na cadeia pública da cidade, nos últimos dias. Segundo a PM, os agentes Maria Laura Fonseca, Douglas Gonçalves de Paula e Luiz Carlos dos Santos foram contratados recentemente pela Subsecretaria de Administração Prisional (Suapi), órgão ligado à Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds). No momento da explosão os dois homens não estavam na residência.

A ação criminosa deixou estragos em ambos os imóveis, porém ninguém ficou ferido. A residência dos agentes teve parte da laje e de uma parede danificadas, além de um portão destruído. A casa ao lado sofreu avarias em uma parede, sendo que o impacto da explosão ainda quebrou os vidros da parte da frente da casa, provocou rachaduras em sua estrutura, causando risco de desabamento.

Os policiais isolaram o local da explosão para os trabalhos da perícia e de um engenheiro da prefeitura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Os comentários postados pelos leitores deste blog correspondem a opinião e são responsabilidade dos respectivos comentaristas leitores e não correspondem, necessariamente, a opinião do autor deste blog.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.